E AFINAL, É SANTA MARTA OU DONA MARTA?

Vertical Morro Santa Marta Cristo RedentorQuem não conhece a história fica sempre na dúvida se fala Santa Marta ou Dona Marta.
É SANTA MARTA o nome da favela pessoal! Tá registrado lá na Associação de Moradores e quem é local sabe que o nome correto é esse.
Dona Marta refere-se ao acidente geográfico – o morro – e Santa Marta tem sua origem ligada à imagem da santa que foi levada pra favela e depois foi abrigada na capela lá no pico do morro na igreja católica.

A história do Morro Santa Marta é antiga. A favela  foi ocupada da base até o topo de maneira bem heterogênea e acredita-se que começou a ser ocupada no final da década de 30 (1938 /1939), o que lhe concede a idade de 79 anos nesse ano de 2017. Os primeiros moradores vieram de várias partes do Rio e interior. É uma favela bem delimitada, cujo acesso a suas vielas só se dá a pé pela base do morro, pelo plano inclinado ( bonde ), ou pelo pico da favela, por uma rua que dá acesso à parte alta, onde se encontra hoje a sede da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP).

VENHA CONHECER O SANTA MARTA COM A GENTE!

Do alto do morro  é possível ter uma das vistas mais privilegiadas da zona sul do Rio de Janeiro: o Cristo Redentor, a Lagoa, a praia de Copacabana e algumas outras favelas que se situam nessa área. Mas quem vem conhecer o Santa Marta com a Brazilidade se surpreende com algo que vai além dos cartões postais: a favela, sua história, sua gente, sua cultura, seus modos de fazer e sua identidade.
Se você quer mergulhar em uma experiência enriquecedora no Rio de Janeiro, agende uma visita guiada no morro Santa Marta conosco. Queremos te mostrar a favela por dentro e compartilhar contigo um pouco da nossa perspectiva e de nossos olhares desse outro lado do Rio.

reserva